Campanha Destinação do Bem é lançada em Ribeirão Preto

No ano de 2018, o município de Ribeirão Preto teve capacidade de arrecadação das destinações do imposto de renda, no valor de R$ 37,7 milhões, porém alcançou a marca de R$ 2,5 milhões, aproximadamente. A diferença entre o potencial de arrecadação e o número, de fato, destinado, poderia fazer a diferença para dezenas de entidades assistenciais e também projetos voltados ao esporte e cultura.

O Governo Federal permite a dedução dessa destinação, o que indiretamente é uma forma de antecipar o emprego do dinheiro público em ações sociais. Além de gerar benefícios significativos para a sociedade, a ideia está alinhada com a crescente importância do papel de cada cidadão no desenvolvimento e na construção de uma sociedade mais justa, eficiente e promissora.

Para fomentar essa conscientização e desmistificar receios sobre o processo de destinação, a Casa do Contabilista, em parceria com a Receita Federal, lançou nesta segunda-feira, dia 18 de novembro, a campanha Destinação do Bem. A iniciativa promoverá palestras para contadores, estudantes, entidades aptas a receberem as destinações, além de ações para a população em geral. 

Podem realizar a destinação, pessoas físicas que fazem a declaração com utilização das deduções (antigo modelo completo) ou pessoas jurídicas que apuram o imposto de renda pelo lucro real. As destinações são direcionadas ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, do Idoso ou projetos de Lei de Incentivo à Cultura, ao Esporte, PRONON (Lei do Câncer) e PRONAS/PCD (Pessoa com Deficiência). Para deduzir na próxima declaração, é importante estar atento e fazer a destinação até o último dia útil de expediente bancário desse ano, que será o dia 27/12/2019.

Dados – A diferença entre o potencial a ser arrecadado e a destinação efetivada não está somente no município de Ribeirão Preto. No Brasil, em 2018, de acordo com dados da Receita Federal, o potencial de arrecadação foi de R$ 6,9 bi aproximadamente. Porém a destinação foi de 169 mi, portanto menos de 2,5%. O número de Ribeirão Preto e região também não é diferente: potencial em 2018, de R$ 52.5 milhões e valor arrecadado de R$ 4.2 milhões

Fonte: Casa do Contabilista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *