Inteligência fiscal

Enquete

Como você avalia o nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Obrigações Tributárias

31/07/2014 - 5° Feira
COFINS/CSL/PIS-PASEP - Retenção na Fonte
COFINS/PIS-PASEP - Retenção na Fonte - Autopeças - período de 1º a 15.07.2014
Contribuição Sindical (empregados) - Junho/2014
CSL - Apuração mensal - Junho/2014
CSL - Apuração trimestral - 2º trimestre de 2014
Declaração de Operações Imobiliárias (DOI) - Junho/2014
Declaração sobre a Opção de Tributação de Planos Previdenciários (DPREV)
FINOR/FINAM/FUNRES (Apuração mensal) - Junho/2014
FINOR/FINAM/FUNRES (Apuração trimestral) - 2º trimestre de 2014
INSS - Previdência Social - Simples Nacional (Parcelamento Especial)
IOF - Imposto sobre Operações Financeiras
IPI - Imposto sobre Produtos Industrializados - Fabricantes de produtos do capítulo 33 da TIPI
IRPF - Carnê-leão - Junho/2014
IRPF - Lucro na alienação de bens ou direitos
IRPF - Quota - ano-calendário de 2013
IRPF - Renda variável - Junho/2014
IRPJ - Apuração mensal - Junho/2014
IRPJ - Apuração trimestral - 1ª quota ou quota única 2º trimestre de 2014
IRPJ - Renda variável - Junho/2014
IRPJ/Simples Nacional - Ganho de Capital na alienação de Ativos - Junho/2014
IRRF - Fundos de Investimento Imobiliário
PAEX 1 (Parcelamento Excepcional)
REFIS (Lei nº 11.941/2009)
REFIS (Lei nº 9.964/2000 ) Paes (Lei nº 10.684/2003)
Simples Nacional (Parcelamento Especial)

Indicadores Econômicos

Cálculo do lucro presumido

· Valores que integram a receita bruta

A receita bruta sobre a qual incidem os percentuais de presunção do lucro é composta por:

  receitas da prestação de serviços;

  venda de produtos de fabricação própria;

  revenda de mercadorias;

  transporte de cargas;

  industrialização de produtos em que a matéria-prima, o produto intermediário e o material de embalagem tenham sido fornecidos por quem encomendou a industrialização, seja na atividade rural ou de outras compreendidas nos objetivos sociais da pessoa jurídica.

· Não integram a receita bruta

Da receita bruta serão excluídos:

  vendas canceladas;

  devoluções de vendas;

  descontos concedidos incondicionalmente, constantes da Nota Fiscal de venda de bens ou da fatura de prestação de serviços, e não dependentes de evento posterior à emissão desses documentos;

  IPI cobrado destacadamente do comprador ou contratante, do qual o vendedor dos bens ou prestador dos serviços seja mero depositário;

  saídas que não decorram de vendas, a exemplo das transferências de mercadorias para outros estabelecimentos da mesma empresa.

· Cálculo do Lucro Presumido

Para cálculo do Lucro Presumido aplicam-se, sobre a receita bruta apurada a cada trimestre, os percentuais constantes da tabela ao lado, conforme a atividade do contribuinte. Ao resultado desta operação é somado o valor das demais receitas e ganhos de capital.

 

Atividades geradoras de receita

%

Revenda, para consumo, de combustível derivado de petróleo, álcool etílico carburante a gás natural.

1,6%

Venda de mercadorias ou produtos (exceto revenda de combustíveis para consumo);
Transporte de cargas;
Serviços hospitalares;
Atividade rural;
Industrialização de produtos em que a matéria- prima, ou produto intermediário, ou material de embalagem tenham sido fornecidos por quem encomendou a industrialização;
Atividades imobiliárias (não podem optar pelo lucro presumido enquanto não concluídas as operações imobiliárias para as quais haja registro de custo orçado);
Construção por empreitada, quando houver emprego de materiais próprios, em qualquer quantidade;
Qualquer outra atividade (exceto prestação de serviços), para qual não esteja previsto percentual específico;

8%

Serviços de transporte (exceto o de cargas);
Serviços (exceto hospitalares, de transporte e de sociedades civis de profissionais regulamentadas) prestados com exclusividade por empresas com receita bruta anual não superior a R$ 120.000,00;

16%

Serviços em geral, para os quais não esteja previsto percentual especifico, inclusive os prestados por sociedade civis de profissões regulamentadas, que de acordo com o Novo Código Civil, passam a ser chamadas de sociedade simples;
Intermediações de negócios;
Administração, locação ou cessão de bens, imóveis e direitos de qualquer natureza;
Serviços de mão de obra de construção civil, quando a prestadora não empregar materiais de sua propriedade nem se responsabilizar pela execução da obra.

32%

 

Site desenvolvido pela Balaminut

Este site atende aos padrões exigidos pela W3C
(Validar XHTML / Validar CSS)
Conaud Consultoria e Auditoria
Av. Costábile Romano, 2810, Sala 04 - Ribeirânia
Ribeirão Preto/SP CEP: 14096-275
Fone (16) 3931 - 1718
conaud@conaud.com.br